quinta-feira, 15 de novembro de 2007

EM SEGREDO

quinta-feira, 15 de novembro de 2007
O dizer que vem da rua,
Que só ela o sabe bem,
Tão somente desvirtua,
O rumor que ela já tem.

É um barulho dissoluto,
Um andar devagarinho,
Que a torna piso bruto,
E a mim o seu caminho.

Se pudessem escutá-la,
Eu talvez não fingiria
E o rumor que a rua cala
A um outro falaria.

O.T.Velho

1 comentários:

danilo disse...

parabéns pelo seu talento.

 
Conservatório Íntimo © 2008. Design by Pocket